• Home
  • /Notícias
  • /RN divulga turismo de aventura no principal evento do gênero na América Latina
RN divulga turismo de aventura no principal evento do gênero na América Latina

RN divulga turismo de aventura no principal evento do gênero na América Latina

Kite surf, parapente, mergulho, passeio nas dunas e o nome internacional dos nossos surfistas são algumas das atrações do estande do Rio Grande do Norte para atrair visitantes durante a 18ª Adventure Sport Fair, que acontece na Expo São Paulo de hoje (27) até domingo (29).

A presença do RN foi viabilizada com recursos do Governo Cidadão, via empréstimo do Banco Mundial e o Estado potiguar é um dos dois representantes do Nordeste nesta edição do evento, considerado o principal no segmento de esportes e turismo de aventura na América Latina. São mais de 80 expositores.

“É um evento interessante para mostrarmos outras potencialidades do nosso Estado com o turismo de aventura. Temos recantos conhecidos no mundo para a prática de kite surf e parapente, por exemplo, e precisamos explorar esse segmento para o turismo”, analisou o secretário estadual da pasta, Ruy Gaspar.

Para o subsecretário de Turismo da Setur RN, Arnando Saint-Brisson, presente ao evento, esta é uma oportunidade de sedimentar ainda mais o trabalho de divulgação e promoção desenvolvido pela Setur e Emprotur no Sul e Sudeste, responsáveis pelo maior emissivo de turistas ao RN.

Saint-Brisson lembra o crescimento de kitesurfistas em São Miguel do Gostoso – um dos principais points mundiais para kite e wind surf – e Maxaranguape, onde esse ano aconteceu o campeonato brasileiro de free style. Ainda a prática de parapente em Ponta Negra. Sem esquecer o mergulho nos parrachos de Maracajaú.

Indo até o interior, se destaca o voo livre em Porto do Mangue e, principalmente, na Pedra do Lima, localizado em Patu, a 316 km de Natal – outro point mundial da prática. Ou ainda o rapel na cidade de Serra Caiada, distante 78 km da capital. Além, claro, do passeio de buggy nas dunas de Genipabu e Muriu, com ou sem emoção.

“E ainda o surf, sobretudo em Ponta Negra e Baía Formosa, celeiros dos surfistas para o WCT (etapa mundial de surf). Não à toa temos nomes internacionais destacados nesta modalidade, com Jadson André e Ítalo Ferreira. O Estado tem muito o que se aproveitar no segmento de turismo de aventura. Tudo começa aqui”, concluiu Saint-Brisson.