PDITS

O Plano de Desenvolvimento Integrado de Turismo Sustentável – PDITS

O Governo do Estado elaborou em 1998, um Plano Estratégico de Desenvolvimento Turístico, com apoio financeiro da EMBRATUR, com o objetivo de definir uma estratégia para o desenvolvimento da atividade turística no Estado, e ao mesmo tempo servir de « Marco Lógico » para o PRODETUR/RN II. O Plano prevê o processo de interiorização, com investimentos nos principais municípios de interesse turístico, com metas de grande importância para a economia do Estado. Ao avaliar o PRODETUR/NE, o BID entendeu que os investimentos realizados pelos Estados na primeira fase do programa não foram suficientes para garantir a consolidação da atividade turística na região, propondo manter as áreas de investimentos dentro do mesmo espaço beneficiado, completando e complementando as ações. Os Estados se comprometeram a elaborar novos Planos, dentro da área de planejamento determinada pelos impactos gerados pelos investimentos da primeira fase do Programa, e em 2002 foram elaborados os PDITS dos, Estados da amostra, no sentido de se desenhar um modelo que pudesse ser adotado pelos demais Estados participantes do Programa. Em resumo, o PDITS contem a descrição da área de Planejamento, justificada pelos resultados dos impactos da primeira fase do programa, apresenta um estudo da dinâmica socioeconômica da região, os aspectos ambientais, institucionais, infra-estrutura, a oferta turística, a demanda, as atrações e os produtos turísticos, o emprego, o setor privado, o gasto turístico, os investimentos do setor privado, os pontos fortes, os pontos fracos, os riscos e as oportunidades, a projeção da evolução e o plano de ação contendo as propostas a serem contempladas.

Documentação em formato PDF para consulta:

pdits_polo_agreste_trairi

pdits_polo_costa_branca

pdits_polo_costa_das_dunas

pdits_polo_serrano_vol1

pdits_polo_serrano_vol2

pdits_polo_serido